Conheça Vih Bueno, a bailarina sem braços

Marina Ferreira e Cláudia Meirelles, no Metrópolis

A amelia – ausência dos membros – afeta uma a cada 100 mil crianças. Mas no balé é ainda mais rara. Uma inspiradora história de Minas Gerais é contada em texto e vídeo.

O que é preciso para voar? Asas, força de vontade ou apenas tirar os pés do chão. Quem impressiona ao flutuar no ar em meio a passos de balé é a jovem Vitória Bueno, mais conhecida como Vih. Atualmente com 16 anos, ela nasceu sem os braços, mas a falta dos membros superiores nunca a impediu de fazer movimentos e saltos precisos do estilo de dança. Se a coreografia pede um pliéjeté ou balloné, a bailarina irá encantar ao reproduzi-los com leveza, harmonia e um sorriso no rosto.

“Na dança, somos uma família bailarinística. A minha escola sempre me apoiou e, por meio dela, concretizei vários sonhos. Na academia, aprendi a trabalhar em equipe, cumprir com as minhas responsabilidades e ter determinação para dar sempre o meu melhor. Outra lição é que muitas vezes precisamos improvisar. Se cair, levanta e segura no carão”, destaca Vitória Bueno aos risos. (+738 palavras, Metrópolis)

Incrível? Assista a reportagem do Domingo Espetacular (TV Record) e confira ao vivo:

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU e Aguaviva, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Foi presidente regional e diretor nacional do Sinal. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: