34ª Bienal: Faz escuro mas eu canto

Performance no The Centre for the Less Good Idea, Johannesburg, 2019. Foto: Stella Olivier. Cortesia da artista e The Centre for the Less Good Idea

Uma vez por mês, os artistas da 34ª Bienal de São Paulo abrem seus ateliês e falam sobre sua trajetória, as obras que estão produzindo para a Bienal e suas pesquisas atuais a partir de perguntas e provocações colocadas pela equipe curatorial.

A artista do mês é Marinella Senatore!

Com uma formação em arte, música e cinema, Marinella Senatore trabalha principalmente com grandes instalações, workshops colaborativos e performances no espaço público. A 34ª Bienal de São Paulo receberá um dos seus principais projetos, The School of Narrative Dance [Escola de dança narrativa]. Iniciada em 2012, a escola já passou por mais de 23 países, impactando cerca de seis milhões de pessoas. O projeto se molda para antender as necessidades de cada grupo e local, promovendo um modelo de ensino com base na linguagem corporal, troca de conhecimentos, experiências e técnicas de movimento, dança e teatro. Para Marinella, o objetivo é entender melhor como engajar e promover justiça social por meio da participação de comunidades muito diversas – “a obra para mim não é apenas a restituição final, mas também o processo. E ele é feito de vozes, som, histórias, narrativas, memórias, memórias coletivas, histórias compartilhadas, crônica, história, questões políticas e sociais” – afirma.

No site da 34ª Bienal, você pode saber mais sobre sua trajetória e ver imagens de suas obras. A participação da artista é apoiada por Italian Council, Directorate-General for Contemporary Creativity, Italian Ministry of Culture.

No site da 34ª Bienal, você pode saber mais sobre sua trajetória e ver imagens de suas obras. A participação da artista é apoiada por Italian Council, Directorate-General for Contemporary Creativity, Italian Ministry of Culture.

Oferecimento: Ministério do Turismo, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Fundação Bienal de São Paulo e Itaú

Imagens da divulgação do evento

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: