“MINHOCA” CAIU

Ingressamos na Universidade de São Paulo em 1978, anos depois do brutal desaparecimento de Alexandre Vannucchi, já às vésperas da anistia e quando já o honrávamos com o nome do Diretório Central dos Estudantes da USP. Quem conta a sua história na Geração 68 é Cecília Cavancalti, Doutora em comunicação e cultura. Inimaginável que oContinuar lendo ““MINHOCA” CAIU”

A primeira vereadora da capital paulista

Em 2018, por ocasião do reconhecimento do mandato de Elisa Kauffman Abramovich como primeira vereadora na Câmara Municipal de São Paulo, a revista Apartes publicou “Ela não teve medo da vida“, inspiradora deste registro do Dia Internacional da Mulher. Quem conta a história é Fausto Salvadori, com a colaboração de Raphaella Magalhães Salomão: “Era umaContinuar lendo “A primeira vereadora da capital paulista”

A história do Brasil se escreve nas ruas de São Paulo

Com informações do Memorial da Democracia Talvez poucos eventos nos 469 anos da história paulistana tornem verdadeira a frase-título como a passagem da campanha das Diretas Já pela cidade. Em 1983, um deputado estreante, Dante de Oliveira (PMDB-MT), apresentou uma emenda constitucional restabelecendo as eleições diretas já na escolha do próximo presidente da República, retirandoContinuar lendo “A história do Brasil se escreve nas ruas de São Paulo”

Histórias de luta dos estudantes da USP

Com informações de Maria Fernanda Barros, no Jornal da USP Já havíamos publicado algumas de nossas memórias de luta estudantil n’as lições fora da sala de aula. Agora professores e estudantes da Universidade de São Paulo organizam um acervo para visitação e pesquisa pública sobre como os universitários se empenharam pela qualidade de ensino eContinuar lendo “Histórias de luta dos estudantes da USP”

Mariana Moura: vote com ciência

Em tempos de negacionismo em escala estatal, São Paulo conta com a doutora em energia pela USP e bacharel em Relações Internacionais Mariana Moura (PCdoB – 65300) como postulante à Assembleia Legislativa paulista. Atualmente, leciona e pesquisa na Universidade de São Paulo e integra a Engenharia pela Democracia. Mariana é co-fundadora dos Cientistas Engajados, formadoContinuar lendo “Mariana Moura: vote com ciência”

Orlando Silva, um deputado imprescindível para o Brasil

Os brasileiros preparam-se para renovar os titulares dos executivos e legislativos federais, estaduais e distritais. O quadro possível de candidatos parlamentares reduziu-se a pouco mais da metade, com as restrições de listas ao número de cadeiras em disputa e o advento das federações partidárias. Mesmo assim, são milhares de pretendentes em um Estado como SãoContinuar lendo “Orlando Silva, um deputado imprescindível para o Brasil”

Futuro neon

Rosani Abou Adal in Paixão por São Paulo, Editora Terceiro Nome Flores brotam no coração da Sé, a Catedral sorri em uníssono. O chafariz ilumina e acolhe os homens sem teto e sem fruto. Os sonhos refazem a vida que colhe esperanças no altar mor das ilusões. O evangelho é proclamado pelos fiéis no banco daContinuar lendo “Futuro neon”

Há 69 anos a engenharia mora em São Carlos

Com informações de Cerilo Braga, em Memória São-Carlense A implantação da USP em São Carlos começa no ano de 1948, com a criação da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). No entanto, foram cinco os anos de “gestação” da escola, até a aula inaugural… Há 69 anos, no dia 18 de abril de 1953, SãoContinuar lendo “Há 69 anos a engenharia mora em São Carlos”

São Paulo, 468: o viaduto de Santa Ifigênia por Adoniran Barbosa

Venha ver! Venha ver, Eugênia Como ficou bonito o viaduto Santa Ifigênia O trecho em destaque é da conhecida música de Adoniran Barbosa, Viaduto Santa Ifigênia, o grande cantador e contador de estórias da maior cidade do hemisfério sul. O bairro leva o nome da Santa cuja igreja fica na confluência do viaduto e aContinuar lendo “São Paulo, 468: o viaduto de Santa Ifigênia por Adoniran Barbosa”

Regiões Metropolitanas

Estado de São Paulo Até os anos 1960, o Brasil era um país eminentemente rural. Fatores como a fecundidade e a longevidade, associados à industrialização do país e à mecanização do campo, trouxeram a distribuição populacional à moradia essencialmente urbana. O crescimento da urbe levou à conurbação de cidades vizinhas, criando novas figuras de interesseContinuar lendo “Regiões Metropolitanas”