Rogo às Autoridades para que a venda da RLAM seja barrada e que cesse o vínculo ao dólar dos preços dos combustíveis!

Refinaria Randulpho Alve, Bahia

Célio Franco, no Linkedin

Como dizia um grande poeta num verso que infelizmente continua atual: “Dormia… a nossa PÁTRIA MÃE tão Distraída, Sem perceber que era Subtraída, em tenebrosas Transações…”

Enquanto cidadão brasileiro e patriota, até mesmo enquanto eleitor desse governo no segundo turno, pela promessa de UM BRASIL ACIMA DE TUDO e do combate diuturno à corrupção, uma tristeza imensa me invade quando vejo e ouço tantos PSEUDO – ou mal intencionados – especialistas, debatendo na GRANDE MÍDIA ou até mesmo fazendo lobby sobre o processo de esquartejamento da nossa maior empresa, a PETROBRAS (orgulho da engenharia brasileira) e mais precisamente durante esta semana, sobre o vínculo cambial dos preços dos combustíveis E sobre a venda/doação da RLAM – Refinaria Landulpho Alves – à empresa/fundo dos Emirados Árabes… ato que desde já rogo à própria DIRETORIA da PETROBRAS e/ou às AUTORIDADES competentes que seja barrado imediatamente

Quanto ao atrelamento do preço dos combustíveis ao dólar, gostaria de aqui deixar claro que a situação atual é MUITO diferente da existente em governos anteriores, onde houve um congelamento de combustíveis enquanto a PETROBRAS importava petróleo a preços dolarizados… o que causou um rombo enorme à empresa. Diferente dessa época, com a produção do PRÉ-SAL (petróleo de qualidade similar ao árabe em abundância) que só cresce, já há algum tempo não somos mais importadores mas SIM exportadores de petróleo e como detemos 100% do REFINO no BRASIL… o fato de atrelar os preços dos combustíveis ao dólar ou qualquer outro índice, à custa do SUOR E SANGUE do POVO trabalhador brasileiro e suas empresas é… na melhor das hipóteses…, altamente questionável… independente do que digam autoridades monetárias que se julgam deuses…

Na minha leitura NÃO precisamos e NÃO podemos manter esse mecanismo… desde que mantido um percentual de LUCRO razoável para a PETROBRAS, pois entendo que o único fator que justifica essa conduta é saciar a SEDE de LUCROS dos investidores, entre os quais o próprio Governo Federal (que como informado nas recentes entrevistas, se enche aos bilhões por alguns centavos a mais no preço dos combustíveis, visto que tem direito aos impostos e à participação como acionista majoritário) e outros tantos TUBARÕES vorazes do mercado financeiro nacional e internacional… ou seja, enchem seus cofres às custas da miséria de todo um povo … e quando digo POVO, é importante FRISAR que estou incluindo também todos os empresários, dos vários segmentos que precisam do combustível… (visto que o Transporte Ferroviário e Naval continuam quase que extintos…) o que inclui a maior parte dos negócios.

Quanto ao processo de doação – não venda – da RLAM, quando foi publicado o valor (US$1,65BI) me causou espanto… (+681 palavras, Linkedin)

Célio Franco é engenheiro pela USP, professor na Universidade Petrobras e gerente de projetos de Tecnologia da Informação e Comunicações da petroleira.

Destaques no original.

Leia também por que a Petrobras é tão querida pelos brasileiros.

Publicado por Iso Sendacz

Engenheiro Mecânico pela EESC-USP, Especialista aposentado do Banco Central, diretor do Instituto Cultural Israelita Brasileiro, conselheiro da CNTU e Aguaviva, membro da direção estadual paulista do Partido Comunista do Brasil. Foi presidente regional e diretor nacional do Sinal. Nascido no Bom Retiro, São Paulo, mora em Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: